CRESCIMENTO - ESPECIALISTA - ENDOCRINOLOGISTA

CRESCIMENTO - CRESCER - CRIANÇAS

24 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: DIARREIA, OBSTIPAÇÃO, CONSTIPAÇÃO, PRISÃO DE VENTRE RELEVANTES;

EXISTEM DIVERSOS FATORES QUE PODEM LEVAR – NOS A PROBLEMAS GASTROINTESTINAIS COMPLEXOS E DESAGRADÁVEIS; CAUSAS DE CONSTIPAÇÃO FUNCIONAL COMO EFEITO DE DROGAS. OBSTRUÇÃO MECÂNICA: CÂNCER DO CÓLON, COMPRESSÃO EXTRÍNSECA. ESTENOSES: DIVERTÍCULO OU PÓS-ISQUEMIA.

RETOCELE; PÓS-OPERATÓRIA; MEGACÓLON, FISSURA ANAL, METABÓLICA: DIABETES MELLITUS, HIPOTIREOIDISMO, HIPERCALCEMIA, HIPERCALEMIA, HIPOMAGNESEMIA, UREMIA, INTOXICAÇÃO COM METAIS PESADOS, MIOPATIAS: AMILOIDOSE, ESCLERODERMIA, NEUROPATIAS: DOENÇA DE PARKINSON, LESÃO DA MEDULA, TUMOR NA MEDULA, DOENÇA CEREBROVASCULAR, ESCLEROSE MÚLTIPLA, ENTRE OUTRAS CONDIÇÕES: DEPRESSÃO, DOENÇA ARTICULAR.


A princípio uma doença que parece não agressiva, pode ser causa de uma miríade de doenças graves degenerativas ou não, é o que se pensa para efetuar uma avaliação de disfunção gastro-intestinal, quando pensarmos em diarreia, obstipação, constipação, prisão de ventre relevantes. Doenças degenerativas, neuropatia autonômica, prejuízo cognitivo imobilidade, doença cardíaca, tônico de laxativos, megacólon, alimentação inadequada, lesões neurológicas, sedentarismo, desequilíbrio hidreletrolítico, fatores psicogênicos, hipotireoidismo e efeito colateral de medicamentos, como antiácidos (com cálcio e alumínio), antiespasmódicos, diuréticos, analgésicos, anticonvulsivantes e antidepressivos, todos esses fatores podem estar lidados a diarreia, obstipação, constipação, prisão de ventre relevantes.
Entre as causas mecânicas estão os tumores benignos e malignos, diverticulite, colite isquêmica e compressão extrínseca. Devem ser consideradas, também, as afecções proctológicas, como fissuras, hemorroidas e proctite, que dificultam a evacuação. Os movimentos do intestino delgado também dependem das características do conteúdo ingerido e acontecem no estado de jejum. Em jejum, o intestino delgado tem movimentos periódicos, que ocorrem em direção caudal, o que é conhecido como complexo motor, migrante. O mecanismo da defecação é controlado pelo sistema nervoso central. Para o aumento da pressão intra-abdominal é preciso o fechamento da glote, abaixamento do diafragma, contração da musculatura da parede abdominal e contração da musculatura do assoalho pélvico. No reto, ocorre relaxamento dos esfíncteres e contração peristáltica da parede do reto.
Todos os movimentos são, em parte, voluntários e em parte, involuntários, e são desencadeados por estimulação de mecanorreceptores na área anorretal. O volume de líquido que entra no intestino é variável e dependente de diversos fatores. Em geral, no adulto, um volume médio de 9 litros de líquidos entra no intestino delgado como resultado da soma de volumes ingeridos (2 litros) e de secreções próprias do tubo gastrintestinal (7 litros). Oitenta por cento desse volume é absorvido na parte alta do trato digestório; 1,5 litros no íleo e o volume restante, menos o que fica nas fezes - cerca de 100 ml - é absorvido no intestino grosso. Portanto, mais ou menos 8 litros de água são absorvidos pelo intestino delgado (representa 50% de sua capacidade de absorção). Qualquer perturbação que reduza a absorção intestinal sobrecarrega o cólon que pode absorver até 5 litros de água por dia. Se a entrada de líquido no ceco (O ceco é a primeira parte do intestino grosso, que recebe o conteúdo do intestino delgado, e onde se localiza um prolongamento em forma de tubo) excede esse volume produzirá diarreia; ao contrário, excessiva absorção de água provocará a formação de fezes ressecadas, viabilizando uma situação que se denomina de constipação. Diarreia, obstipação, constipação, prisão de ventre relevantes, são de vital importância para o funcionamento correto de nosso organismo, pois representa os detritos não aproveitados normalmente pelo nosso corpo.


Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:
1.Devem ser consideradas, também, as afecções proctológicas, como fissuras, hemorroidas e proctite, que dificultam a evacuação...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2. Em geral, no adulto, um volume médio de 9 litros de líquidos entra no intestino delgado como resultado da soma de volumes ingeridos (2 litros) e de secreções próprias do tubo gastrintestinal (7 litros)...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. . Em jejum, o intestino delgado tem movimentos periódicos, que ocorrem em direção caudal, o que é conhecido como complexo motor, migrante...
http://serobesonao.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.



Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, - Fine kd & Eschiller lr. American gastroenterologica, association medical position statement: guidelines for the evaluation and management of chronic diarrhea. aga technical review on the evaluation and management of chronic diarrhea. gastroenterology 116: 1461-1486, 1999. fine kd. diarrhea. in: feldman m; Scharschmidt bf & Sleisenger mh, eds. gastrointestinal and liver disease, 6 thed. wb Saunders company, Philadelphia, p. 128-152, 1998. Christensen j. the motility of the colon. in: Johnson lr, ed. physiology of the gastrointestinal tract, 3 thed. raven press, New York, p. 991-1024, 1994.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz


23 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: INTESTINO PRESO, OBSTIPAÇÃO, PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE; CONSTIPAÇÃO PARA O PACIENTE SIGNIFICA FEZES EXCESSIVAMENTE DURAS E PEQUENAS

ELIMINADAS INFREQUENTEMENTE OU SOB EXCESSIVO ESFORÇO DEFECATÓRIO. PARA O MÉDICO ELA PODE ESTAR OCORRENDO QUANDO O PACIENTE EVACUA ATÉ DUAS VEZES POR SEMANA (MENOS DE UMA VEZ A CADA 3-4 DIAS) OU HÁ EXCESSIVA DIFICULDADE PARA DEFECAR. JÁ O PESQUISADOR CONCEITUA COMO DIMINUIÇÃO DO CONTEÚDO LÍQUIDO DAS FEZES, OU SEJA, MENOS DE 70% DE ÁGUA EM SEU PESO TOTAL.

A definição de intestino preso, obstinação, prisão de ventre relevante pode apresentar diversas definições de acordo com cada individuo envolvido com o problema, entretanto o consenso esta intimamente com uma série de problemas orgânicos que podem ser mais ou mesmo menos intenso de acordo com o grau de valorização individual atribuído e o desprazer de cada pessoa, bem como a história clinica transmitido ao médico ou o quadro clínico apresentado ao profissional. Existem as lesões intestinais visíveis pelos métodos de investigação por imagem (Rx ou análogos, endoscopia, microscopia), conhecidas como doenças orgânicas, e as modificações dos movimentos peristálticos (movimentos do intestino que conduzem o alimento através do intestino), usualmente denominadas de alterações funcionais. A constipação, intestino preso, obstinação, prisão de ventre relevante pode ser simples, clinicamente de curta duração, com desencadeante casual e recente, como mudança alimentar, pós-operatório, quadros febris, medicação. 
Crônica idiopática, de longa evolução, sem causa orgânica conhecida, que pode mostrar alterações da motricidade (movimento peristáltico). Orgânica com alteração estrutural, com evolução rápida ou crônica, entretanto a regra geral é não estabelecer a constipação, intestino preso, obstinação, prisão de ventre relevante como doença e sim como um sintoma ligado a alimentação incoerente ou a ingestão de fluidos de forma insuficiente ou irregular. Um dos grandes problemas que leva a alteração do transito intestinal e verificado quando o paciente com sobrepeso, obeso, com obesidade relevante, obesidade intra abdominal, visceral ou central, ao diminuir a ingestão de alimentos por estar efetuando uma dieta restritiva com o objetivo correto de perder peso, apresenta uma diminuição relevante do bolo fecal, encontrando grande dificuldade na eliminação das fezes, chegando a formar fecaloma, também chamado de fecalito, é um endurecimento das fezes em pedras de tamanho variado no interior do cólon, e sigmoide, que podem aparecer quando há obstrução do trânsito intestinal, como ocorre no megacólon ou na constipação crônica.
Infelizmente nessas condições há necessidade de intervenção do profissional médico, mas é obvio aos primeiros sintomas de uma evolução mais critica, temos que tomar atitudes preventivas para que este processo não ocorra e sem duvida reavaliarmos a dieta nutricional, que com certeza está incorreta com diminuição de diversas substâncias necessárias, e que não estão sendo observadas. A principio não devemos recorrer aos laxantes convencionais, pois uma dieta bem balanceada efetuará o papel de aliviar nosso sofrimento quando de uma dieta nutricional relevante e restritiva.

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930

Como Saber Mais:
1. Existem as lesões intestinais visíveis pelos métodos de investigação por imagem (RX ou análogos, endoscopia, microscopia), conhecidas como doenças orgânicas, e as modificações dos movimentos peristálticos (movimentos do intestino que conduzem o alimento através do intestino), usualmente denominadas de alterações funcionais ...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2. A principio não devemos recorrer aos laxantes convencionais, pois uma dieta bem balanceada efetuará o papel de aliviar nosso sofrimento quando de uma dieta nutricional relevante e restritiva...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. A definição de intestino preso, obstinação, prisão de ventre relevante pode apresentar diversas definições de acordo com cada individuo envolvido com o problema ...
http://serobesonao.blogspot.com

 AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, Lenita Wannmacher professora de Farmacologia Clínica, GUIMARÃES, E.V. Constipação intestinal crônica funcional na criança: aspectos clínicos, ingestão de fibra alimentar e estudo do tempo de trânsito colônico. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 2000.213p. (Tese, Doutorado em Medicina, Área de concentração em Pediatria)MELO, M.C.B. Índice anogenital em crianças com e sem constipação intestinal. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 1999.137p.(Tese, Doutorado em Medicina. Área de Concentração em Gastroenterologia).MORAIS, M.B., MAFFEI, H.V.L. Constipação intestinal. Jornal de Pediatria, v.76, supl.2, p.147-156, 2000.PENNA,F.J., TORRES, M.R.F. Constipação intestinal.In: PENNA, F.J.; WEHBA,J., FAGUNDES NETO, U. Gastroenterologia Pediátrica, Rio de Janeiro; Médsi, 2 ed., p.341-8, 1991.WHITEHEAD, W.E., WALD, A., DIAMANT, N.E., ENCK, P., PEMBERTON, J.H., RAO, S.S.C. Functional disorders of the anus and rectum.Guts. V.45, supl. II. p.1155-1159, 1999.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz


22 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: DIARREIA, OBSTIPAÇÃO, CONSTIPAÇÃO, PRISÃO DE VENTRE RELEVANTES;

VÁRIOS FATORES PODEM LEVAR À CONSTIPAÇÃO. É SABIDO QUE O SINTOMA É MAIS FREQÜENTE NAS MULHERES DO QUE NOS HOMENS, SEM QUE HAJA EXPLICAÇÃO PARA ISSO. OS MAIS IDOSOS TAMBÉM TÊM MAIOR FREQUÊNCIA DE CONSTIPAÇÃO DO QUE OS MAIS JOVENS, O QUE PODE SER ASSOCIADO À MENOR INGESTÃO ALIMENTAR, PERDA DA MOBILIDADE, FRAQUEZA DAS MUSCULATURAS ABDOMINAIS E PÉLVICA E MEDICAÇÕES.

A mulher por apresentar um metabolismo mais complexo do que o homem, devido gestação, menstruação e outros fatores mecânicos que fazem parte da vida da mulher, lhe é atribuído uma maior frequência desta patologia incomoda, assim como os idosos com o passar do tempo. A presença de constipação, prisão de ventre relevante está associada à falta de resíduos dentro do cólon, perda de sensibilidade dos órgãos que desencadeiam os mecanismos da defecação, perda das contrações dos músculos envolvidos com a defecação e obstrução mecânica. Muito da clínica e o exame físico são correspondentes às várias situações relacionadas com tais mecanismos de constipação relevantes. O diagnóstico de constipação, prisão de ventre relevante   intestinal   é mais difícil do que o de diarreia. É um sintoma relativamente frequente, muitas vezes conseqüente a alterações funcionais, que derivam de padrões de comportamento. 
É variável o que cada paciente denomina constipação, prisão de ventre relevante. Menos do que três evacuações por semana é considerado constipação. Geralmente, o paciente refere dificuldade para evacuar, fezes endurecidas, urgência sem que consiga evacuar, baixa freqüência de evacuações e sensação de evacuação incompleta. Em condições alimentares e de vida normal, um indivíduo evacua fezes formadas a intervalos que variam entre 06 e 72 horas. A constipação, prisão de ventre relevante pode ter causa motora, por distúrbios da motilidade enterocólica, consequente a condições metabólicas, miopatias e neuropatias, ou causa mecânica, por suboclusão intestinal. Entre as causas motoras, estão a síndrome do cólon irritável, uso crônico de laxativos, megacólon, alimentação inadequada, lesões neurológicas, sedentarismo, desequilíbrio hidreletrolítico, fatores psicogênicos, hipotireoidismo e efeito colateral de medicamentos, como antiácidos (com cálcio e alumínio), antiespasmódicos, diuréticos, analgésicos, anticonvulsivantes e antidepressivos. 
Entre as causas mecânicas estão os tumores benignos e malignos, diverticulite, colite isquêmica e compressão extrínseca. Devem ser consideradas, também, as afecções proctológicas, como fissuras, hemorroidas e proctite, que dificultam a evacuação. Se considerarmos todas as variantes, nossa obrigação é tomar atitudes preventivas, para que o processo de constipação, prisão de ventre relevante seja sanado e melhore nossa qualidade de vida.


Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930


Como Saber Mais:
1.A prisão de ventre pode ter como causa a restrição alimentar diminuindo o bolo fecal, ou diminuição de ingestão de fluidos ...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2.Estatisticamente, a prisão de ventre relevante afeta mais as mulheres do que os homens devido a fatores hormonais e, são muito frequentes e podem acarretar em comprometimento grave para nossa saúde ...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. Prisão de ventre relevante, não deve ser considerada como uma doença, mas como um sintoma ou efeito de alimentação deficiente, ou deficiência de fluidos corporais, estresse e outros problemas incluindo hormonais como da tireoide, que fazem com que o organismo responda retendo as fezes por um período maior do que o normal ...
http://serobesonao.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.



Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, - Fine kd & Eschiller lr. American gastroenterologica, association medical position statement: guidelines for the evaluation and management of chronic diarrhea. aga technical review on the evaluation and management of chronic diarrhea. gastroenterology 116: 1461-1486, 1999. fine kd. diarrhea. in: feldman m; Scharschmidt bf & Sleisenger mh, eds. gastrointestinal and liver disease, 6 thed. wb Saunders company, Philadelphia, p. 128-152, 1998. Christensen j. the motility of the colon. in: Johnson lr, ed. physiology of the gastrointestinal tract, 3 thed. raven press, New York, p. 991-1024, 1994. Makhlouf gm. neuromuscular function of the small intestine. in: johnson lr, ed. physiology of the gastrointestinal tract, 3 thed. raven press, new york, p. 977-990, 1994. Locke gr iii; Pemberton jh & Phillips sf. american gastroenterological association medical position statement: g u i d e l i n e s o n c o n s t i p a t i o n . a g a t e c h n i c a l r e v i e w o n constipation. gastroenterology 119: 1761-1778, 2000. L e n n a r d - J o n e s j e . c o n s t i p a t i o n . i n : fFe l d m a n m ; S c h a r s c h m i d t b f & S l e i s e n g e r m h , e d s .gastrointestinal and liver disease, 6, thed. wb saunders company, Philadelphia, p. 174-197, 1998.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br
 

21 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE;

A OBSTIPAÇÃO, OU CONSTIPAÇÃO INTESTINAL COMUM, É UMA CONDIÇÃO DO SISTEMA DIGESTIVO ONDE A PESSOA TEM FEZES ENDURECIDAS E DIFÍCEIS DE SEREM ELIMINADAS. A CONSTIPAÇÃO INTESTINAL PODE CAUSAR MUITA DOR, E EM CASOS EXTREMOS OCASIONAR SINTOMAS DE INTESTINO OBSTRUÍDO. AS CAUSAS DA OBSTIPAÇÃO PODEM SER HORMONAIS, ANATÔMICAS OU RELACIONADAS À DIETA.

QUANDO A TIREÓIDE NÃO ESTÁ FUNCIONANDO ADEQUADAMENTE PODE LIBERAR HORMÔNIOS EM EXCESSO (HIPERTIREOIDISMO) OU EM QUANTIDADE INSUFICIENTE (HIPOTIREOIDISMO). DE MANEIRA GERAL, QUANDO A GLÂNDULA ESTÁ HIPERFUNCIONANTE OCORRE UMA ACELERAÇÃO DO METABOLISMO EM TODO ORGANISMO, PODENDO OCORRER AGITAÇÃO, DIARREIA TAQUICARDIA, PERDA DE PESO ETC, AO CONTRÁRIO, QUANDO A GLÂNDULA ESTÁ HIPOFUNCIONANTE PODE OCORRER CANSAÇO, FALA ARRASTADA, INTESTINO PRESO, OBSTIPAÇÃO, OU CONSTIPAÇÃO INTESTINAL COMUM, É UMA CONDIÇÃO DO SISTEMA DIGESTIVO ONDE A PESSOA TEM FEZES DURAS E DIFÍCEIS DE ELIMINAR,GANHO DE PESO, ETC.

Diarreia e constipação são sintomas que refletem a alteração do hábito intestinal. Embora sejam sintomas opostos, é evidente que se trata de um desiquilíbrio para mais ou para menos em situações elementares de nosso organismo, quando da ingestão de fluidos ou nutrientes de forma desequilibrada se for em condições sem patologias ou doença específicas. Para o diagnóstico da causa desses sintomas são fundamentais a anamnese (exames e história clínica) detalhada e o exame físico completo. Informações quanto ao início do sintoma, duração, evolução, comprometimento do estado geral e a presença de outros sintomas, são indispensáveis. Exames complementares somente devem ser realizados após a completa observação clínica. A obstipação, ou constipação intestinal comum, é uma condição do sistema digestivo onde a pessoa tem fezes endurecidas e difíceis de eliminar. Também pode ser denominada de intestino preso, pode causar muita dor, e em casos extremos ocasionar sintomas de intestino obstruído. As causas da obstipação podem ser hormonais, anatômicas ou relacionadas à dieta. Em pessoas sem problemas médicos a principal intervenção é aumentar o ingestão de fluidos (de preferência água) e fibra alimentar. As fibras alimentares podem ser obtidas consumindo mais frutas, vegetais, pão integral e adicionar linhaça à dieta. A utilização rotineira de laxantes sem orientação médica não é recomendada, pois isso pode tornar o intestino dependente do seu uso.
Laxantes podem ser necessários em pessoas na qual as mudanças na dieta não surtiram efeito. Laxantes estimulantes são geralmente evitados, pois podem piorar a sensação de cólica comum na constipação, prisão de ventre relevante intestinal. Existem diversas moléstias que podem desencadear tanto o processo de diarreia como o de prisão de ventre, obstipação ou intestino preso. Algumas dessas doenças podem ser graves e complexas como por exemplo as doenças por desequilíbrios hormonais, tais como o hipertireoidismo e o hipotireoidismo. A tireóide é uma glândula localizada na parte anterior do pescoço e produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) que atuam em todo o nosso organismo, regulando o crescimento, digestão e o metabolismo. Quando a tireóide não está funcionando adequadamente pode liberar hormônios em excesso (hipertireoidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo).
De maneira geral, quando a glândula está hiperfuncionante ocorre uma aceleração do metabolismo em todo organismo, podendo ocorrer agitação, diarreia, taquicardia, perda de peso etc, ao contrário, quando a glândula está hipofuncionante pode ocorrer cansaço, fala arrastada, intestino preso, constipação, prisão de ventre relevante ganho de peso, etc. Nada em nosso organismo é por acaso, tem um motivo a ser constatado e em geral quando não prestamos a devida atenção irá tem complicações adicionais em geral muito desagradáveis e mesmo muito séria. Portanto, diarreia, obstipação, constipação, prisão de ventre relevante deve ser avaliada com todo o cuidado.

Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:
1.A prisão de ventre pode ter como causa a restrição alimentar diminuindo o bolo fecal, ou diminuição de ingestão de fluidos ...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2.Estatisticamente, a prisão de ventre relevante afeta mais as mulheres do que os homens devido a fatores hormonais e, são muito frequentes e podem acarretar em comprometimento grave para nossa saúde ...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. Prisão de ventre relevante, não deve ser considerada como uma doença, mas como um sintoma ou efeito de alimentação deficiente, ou deficiência de fluidos corporais, estresse e outros problemas incluindo hormonais como da tireoide, que fazem com que o organismo responda retendo as fezes por um período maior do que o normal ...
http://serobesonao.blogspot.com


AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, - Fine kd & Eschiller lr. American gastroenterologica, association medical position statement: guidelines for the evaluation and management of chronic diarrhea. aga technical review on the evaluation and management of chronic diarrhea. gastroenterology 116: 1461-1486, 1999. fine kd. diarrhea. in: feldman m; Scharschmidt bf & Sleisenger mh, eds. gastrointestinal and liver disease, 6 thed. wb Saunders company, Philadelphia, p. 128-152, 1998. Christensen j. the motility of the colon. in: Johnson lr, ed. physiology of the gastrointestinal tract, 3 thed. raven press, New York, p. 991-1024, 1994. Makhlouf gm. neuromuscular function of the small intestine. in: johnson lr, ed. physiology of the gastrointestinal tract, 3 thed. raven press, new york, p. 977-990, 1994. Locke gr iii; Pemberton jh & Phillips sf. american gastroenterological association medical position statement: g u i d e l i n e s o n c o n s t i p a t i o n . a g a t e c h n i c a l r e v i e w o n constipation. gastroenterology 119: 1761-1778, 2000. L e n n a r d - J o n e s j e . c o n s t i p a t i o n . i n : fFe l d m a n m ; S c h a r s c h m i d t b f & S l e i s e n g e r m h , e d s .gastrointestinal and liver disease, 6, thed. wb saunders company, Philadelphia, p. 174-197, 1998.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz


19 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: A PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE É UM SINTOMA COMUM,

MAS QUE MUITAS VEZES PERMANECE DESCONHECIDO ATÉ QUE O PACIENTE DESENVOLVE SEQUELAS COMO DISTÚRBIOS ANORRETAIS OU DOENÇA DIVERTICULAR (A ALÇA INTESTINAL FORMA COMO UM DEDO DE LUVA).

A prisão de ventre relevante é um sintoma comum, mas que muitas vezes permanece desconhecido até que o paciente desenvolve sequelas como distúrbios anorretais ou doença diverticular (a alça intestinal forma como um dedo de luva). Várias definições de constipação foram propostas com base na freqüência das evacuações em diferentes populações. No entanto, para fins cirúrgicos, a definição mais útil de prisão de ventre é quando ocorre uma mudança no hábito intestinal de defecação ou uma mudança do comportamento que resulta em sintomas agudos ou crônicos ou em doenças que poderiam ser resolvidos com o alívio da constipação. A prisão de ventre aguda ou subaguda em pacientes de meia-idade ou idosa deve-se investigar uma lesão obstrutiva do cólon. Constipação aguda , prisão de ventre relevante aguda deve ser cuidadosamente distinguida das emergências intra-abdominais secundárias do íleo, incluindo infecçõesA definição de constipação inclui o seguinte: evacuações infrequentes (tipicamente <3 vezes por semana), dificuldade durante a defecação (esforço durante mais de 25% das evacuações ou uma sensação subjetiva de fezes duras), ou a sensação de evacuação incompleta do intestino. A constipação, prisão de ventre relevante é dividida, em questões de consistência das fezes (duras, fezes dolorosa) e questões de comportamento de defecação (dificuldade de evacuação, esforço durante a defecação). Apesar de fezes endurecidas freqüentemente resultam em dificuldades de defecação com fezes lisas e volumosas, que também podem estar associadas à constipação intestinal, particularmente em pacientes idosos com anormalidades anatômicas e em pacientes com motilidade colorretal modificada.
A constipação é o efeito final de vários fatores: má alimentação, falta de exercício, anormalidades da motilidade intestinal e defeitos anatômicos, juntamente com as expectativas do paciente e fatores psicológicos. Existem vários graus de sintomas subjetivos da constipação prisão de ventre relevante que estão associados a alterações (por ex., doença diverticular do cólon, doença hemorroidária, fissura anal) que ocorrem secundariamente a um aumento na pressão luminal do cólon e da pressão intravascular nas hemorroidas, quase metade dos pacientes com doença diverticular ou anorretal, quando perguntado, negam ter problemas de constipação, prisão de ventre relevante.
No entanto, quase todos esses pacientes têm sintomas sugestivos de esforço de defecação. A constipação intestinal, prisão de ventre relevante é uma das doenças mais comuns do tubo gastrointestinal no mundo todo. Uma pequena fração da população descreve freqüentes episódios intermitentes de constipação, prisão de ventre relevante. A prevalência de auto-relatados de  constipação, prisão de ventre relevante varia substancialmente por causa das diferenças entre os grupos étnicos na forma como a constipação, prisão de ventre relevante é percebida. A maior parte da população mundial apresenta constipação, prisão de ventre relevante e destas uma grande percentual é de mulheres.

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 28930

Como Saber Mais:
1. Para fins cirúrgicos, a definição mais útil de prisão de ventre é quando ocorre uma mudança no hábito intestinal de defecação ou uma mudança do comportamento que resulta em sintomas agudos ou crônicos ou em doenças que poderiam ser resolvidos com o alívio da constipação...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2. A constipação, prisão de ventre relevante é dividida, em questões de consistência das fezes (duras, fezes dolorosa) e questões de comportamento de defecação (dificuldade de evacuação, esforço durante a defecação)...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. A maior parte da população mundial apresenta constipação, prisão de ventre relevante e destas uma grande percentual é de mulheres...
http://serobesonao.blogspot.com


AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.


Referências Bibliográficas:
Peppas G, Alexiou VG, Mourtzoukou E, et al. Epidemiologia da constipação na Europa e Oceania: uma revisão sistemática. BMC Gastroenterol . 12 de fevereiro de 2008;. 08:05; Amselem C, Puigdollers A, Azpiroz F, Sala C, Videla S, Fernández-X Fraga, et al. Constipação: uma causa potencial de danos do assoalho pélvico?. Neurogastroenterol Motil . 17 setembro de 2009; Bouras EP, Tangalos EG. Constipação crônica em idosos. Gastroenterol Clin North Am . Setembro 2009;. 38 (3);463-80; Noguera A, C Centeno, Librada S, M. Nabal Triagem para a constipação em Pacientes Cuidados Paliativos. J Med Palliat . 11 de setembro de 2009; Taghavi SA, Shabani S, Mehramiri A, Eshraghian A, Kazemi SM, Moeini M, et al. Colchicina é eficaz para tratamento de curto prazo da constipação de trânsito lento: um estudo duplo-cego controlado por placebo clínico. Int J Colorectal Dis . 25 de agosto de 2009; Uher R, Farmer A, Henigsberg N, Rietschel M, Mors O, Maier W, et al. Reações adversas aos antidepressivos. Br J Psychiatry .Setembro 2009;. 195 (3):202-10; Gladman MA, CH Knowles. Novos conceitos na fisiopatologia, diagnóstico e gestão de megabowel idiopática. Colorectal Dis . Julho 2008, 10 (6) :531-8;. Discussão 538-40; Hsiao KC, Jao SW, CC Wu, et al. Mão-assistida colectomia laparoscópica total para a constipação de trânsito lento. Int J Colorectal Dis . Abril 2008;. 23 (4) :419-24; Tomita R, Fujisak S. minilaparotomia com um procedimento laparoscópico assistido gasless levantando parede abdominal para anastomose ileorectal em pacientes com constipação de trânsito lento. Hepatogastroenterology . Julho-Agosto de 2009;. 56 (93) :1022-7 Frascio M, Stabilini C, Ricci B, et al. Grampeado ressecção retal transanal para a síndrome de obstrução da saída: resultados e follow-up. Mundial J Surg . Junho 2008;. 32 (6) :1110-5.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17


Seguir no Google Buzz


18 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA - NEUROENDOCRINOLOGIA: PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE; OBSTIPAÇÃO INTESTINAL, INTESTINO PRESO, PRISÃO DE VENTRE,

APÓS A DEGRADAÇÃO DOS ALIMENTOS E SUBSTÂNCIAS DEGRADADAS, O QUE É ÚTIL O ORGANISMO ABSORVE, PARA QUE SEJA APROVEITADO SEGUNDO SUAS NECESSIDADES. ENTRETANTO OS DETRITOS SÓLIDOS SÃO ELIMINADOS ATRAVÉS DAS FEZES.

O processo de digestão tem início desde o momento de alimentação ainda na oro – faringe, quando as glândulas salivares já liberam substâncias que preparam a digestão propriamente dita. No trato digestivo que é um tubo contínuo que desmancha os alimentos até as suas formas elementares para que estas possam ser absorvidas sob a forma de nutrientes. Uma vez que o alimento chega ao estômago, inicia-se a mistura com o ácido produzido ali, o qual reduz o alimento a pequenas partículas. O estômago funciona como uma espécie de triturador. Só após ficarem de um determinado tamanho é que as partículas do alimento podem passar para o intestino delgado. Nele, o alimento vai sofrer mais um processo de quebra sob efeito dos sucos digestivos produzidos principalmente pelo fígado (bile) e pâncreas (suco pancreático). Durante a passagem do alimento através do intestino delgado, que tem aproximadamente 6 metros de comprimento, lentamente vai acontecendo a absorção dos nutrientes elementares. Ao atingir o início do intestino grosso, todos os nutrientes já foram absorvidos e o que sobra são resíduos (restos) de alimentos e água em grande quantidade.
A função básica do intestino grosso (cólon) é absorver toda a água e eliminar os resíduos através do seu produto final: as fezes. Eventualmente no processo de passagem das fezes a obstipação intestinal, intestino preso / prisão de ventre relevante é caracterizada como o movimento lento das fezes pelo intestino grosso, deixando as fezes duras e ressecadas, e as causas frequentes desse processo lento pode estar individualmente ligado a uma série de fatores relevantes, que acabam por desencadear um processo com intensa quantidade de incômodos, e tendo como causas mais significativas, mais freqüentes de obstipação intestinal intestino preso, prisão de ventre relevante os seguintes fatores: falta de fibras na alimentação; entre os componentes de uma boa alimentação, as fibras figuram, já há algum tempo, como um item de grande importância para o bom funcionamento do sistema digestivo.
Há alguns anos, elas eram consideradas materiais sem função no organismo. Hoje, porém, já se sabe da sua importância até mesmo na absorção de nutrientes. Entre as inúmeras funções que desempenham, colaboram para o emagrecimento, pois aumentam de volume no estômago em até sete vezes, trazendo sensação de saciedade e ajudando na ingestão de menor quantidade de outros alimentos. Estudos recentes têm comprovado a eficácia das fibras solúveis e insolúveis no auxílio e prevenção de diversos males. Segundo o FDA (Food And Drug Administration), é necessário ingerir cerca de 20 gramas de fibras diariamente, porém quase as totalidades das pessoas, incluindo aquelas que realmente se esforçam, não conseguem ingerir esta quantidade somente com a alimentação. Uma das consequências da falta de fibras nas dietas é a constipação intestinal, que aumenta a massa retida no órgão e colabora para o contato de substâncias cancerígenas com as paredes do intestino grosso. Atualmente, até mesmo medicamento para tratamento dessa disfunção contém fibras terapêuticas, de origem 100% vegetal. Porém, os médicos afirmam que qualquer remédio que estimula o trânsito intestinal não deve ser utilizado a vida toda, pois podem provocar constipação crônica, de difícil tratamento. O consumo adequado de fibras previne um dos tipos de câncer, o do colorretal, considerado como a terceira causa de mortalidade relacionada ao câncer. Hábitos alimentares inadequados. Hidratação inadequada. Falta de atividade física. Uso de medicamentos. Não devemos como Endocrinologistas e Neuroendocrinologista, nos esquecer da necessidade de uma orientação adequada do nutrologista ou nutricionistas bem orientados, pois os mesmos nos irão facilitar um trabalho valioso no sentido de ajudar nossos pacientes que necessitam destas soluções, evitando o intestino preso, prisão de ventre relevante ou obstipação intestinal. 

Dr. João Santos Caio Jr. 
Endocrinologia – Neuroendocrinologista 
CRM 20611 

Dra. Henriqueta V. Caio 
Endocrinologista – Medicina Interna 
CRM 2893

Como Saber Mais: 
1. O processo de digestão tem início desde o momento de alimentação ainda na oro – faringe, quando as glândulas salivares já liberam substâncias que preparam a digestão propriamente dita...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com



2. Hoje, porém, já se sabe da sua importância até mesmo na absorção de nutrientes...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. O consumo adequado de fibras previne um dos tipos de câncer, o do colorretal, considerado como a terceira causa de mortalidade relacionada ao câncer...
http://serobesonao.blogspot.com



AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.



Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, Lenita Wannmacher professora de Farmacologia Clínica, GUIMARÃES, E.V. Constipação intestinal crônica funcional na criança: aspectos clínicos, ingestão de fibra alimentar e estudo do tempo de trânsito colônico. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 2000.213p. (Tese, Doutorado em Medicina, Área de concentração em Pediatria)MELO, M.C.B. Índice anogenital em crianças com e sem constipação intestinal. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 1999.137p.(Tese, Doutorado em Medicina. Área de Concentração em Gastroenterologia).MORAIS, M.B., MAFFEI, H.V.L. Constipação intestinal. Jornal de Pediatria, v.76, supl.2, p.147-156, 2000.PENNA,F.J., TORRES, M.R.F. Constipação intestinal.In: PENNA, F.J.; WEHBA,J., FAGUNDES NETO, U. Gastroenterologia Pediátrica, Rio de Janeiro; Médsi, 2 ed., p.341-8, 1991.WHITEHEAD, W.E., WALD, A., DIAMANT, N.E., ENCK, P., PEMBERTON, J.H., RAO, S.S.C. Functional disorders of the anus and rectum.Guts. V.45, supl. II. p.1155-1159, 1999.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio
http://drcaiojr.site.med.br/
http://dracaio.site.med.br/

Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicavanderhaagen.com.br

Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-23.578256,-46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie=UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t=h&z=17

Seguir no Google Buzz


17 de agosto de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE; A PRISÃO DE VENTRE RELEVANTE NÃO É UMA DOENÇA,


MAS SIM UM SINTOMA QUE PODE OCORRER EM QUALQUER PESSOA INCLUINDO RECÉM-NASCIDOS , INFANTO-JUVENIS, ADOLESCENTES, ADULTOS E IDOSOS QUE ESTIVEREM COM RESTRIÇÃO ALIMENTAR OU ESTRESSADOS (STRESS), OU APRESENTE ALGUM PROBLEMA GASTROINTESTINAL. NÃO DEVE TOMAR MEDICAÇÃO ALEATÓRIA E SUA ALIMENTAÇÃO DEVE SER REAVALIADA SE NÃO ESTIVER DENTRO DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL.


Uma grande preocupação das pessoas que tem uma evacuação irregular é a prisão de ventre relevante, também chamada de obstipação ou constipação, prisão de ventre relevante intestinal, que é caracterizada pela dificuldade constante ou eventual da evacuação das fezes, que se tornam ressecadas. Ficam angustiadas, chegando mesmo a se auto medicarem o que é um erro grave. Esta, não deve ser considerada como uma doença, mas como um sintoma ou efeito de alimentação deficiente, estresse e outros problemas que fazem com que o organismo responda retendo as fezes por um período maior do que o normal. Em crianças a constipação ou a prisão de ventre relevante, pode vir acompanhada de outros sintomas, como o escape fecal e encoprese, ou seja, o ato de sujar as roupas íntimas involuntariamente. Estatisticamente, a prisão de ventre relevante afeta mais as mulheres do que os homens devido a fatores hormonais e, no caso da gestação, pela compressão do útero sobre o intestino. Há várias possíveis causas para a ocorrência de uma prisão de ventre no indivíduo, já tendo-se apontado mais de dez (fatores desencadeantes).
Tomando-se como base o ambiente industrial ocidental atual, as causas mais comuns são má alimentação, tanto no que diz respeito a carência de fibras quanto de líquidos, e irresponsabilidade no ciclo de evacuação, pois existe um fator exagerado com relação a pessoas que só conseguem evacuar em seus próprios banheiros ou necessitem tomar banho após evacuarem e a ocorrência de postergação do momento de evacuar para não ocorrer a interrupção de algum trabalho ou para se evitar banheiros públicos desencadeando a prisão de ventre relevante. A presença de fibras é importante para a evacuação, tendo em vista que sua ausência dificulta o deslocamento dos alimentos pelo intestino, enquanto a água ajuda a manter as fezes mais hidratadas, também facilitando o deslocamento. A falta de atividade física também é contada como possível causa, muito embora não se sabe exatamente o porquê. Outras causas incluem: efeito colateral de algum medicamento, estresse, depressão, doenças relacionadas ao cólon ou a o reto, ansiedade e pouco consumo de frutas e verduras. Diferentes abordagens não-medicamentosas (fibras, hidratação, atividade física, hábito intestinal regular, biofeedback, injeção de toxina botulínica, cirurgia) e medicamentosas (laxativos antigos e novos) têm sido propostas para prevenção e tratamento de um problema prevalente no mundo ocidental, tanto em adultos quanto em crianças.
Sua eficácia e sua segurança, pouco evidenciadas em estudos controlados, acompanham-se de mitos e concepções inadequadas ao correr dos tempos. Aqui se procura dar uma visão panorâmica do problema, mostrando que o emprego indiscriminado de laxativos, apesar de prevalente, não se enquadra no uso racional de medicamentos. Devemos quando efetuar algum tratamento restritivo de alimentação, solicitar ao endocrinologista ou neuroendocrinologista ou mesmo outras especialidades, orientação para não termos inconvenientes por falta de bolo fecal ou excesso do mesmo ou apresentar constipação, prisão de ventre relevante.

Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:
1.A prisão de ventre pode ter como causa a restrição alimentar diminuindo o bolo fecal ...
http://obesidadecontrolada3.blogspot.com

2.Estatisticamente, a prisão de ventre relevante afeta mais as mulheres do que os homens devido a fatores hormonais e, no caso da gestação, pela compressão do útero sobre o intestino ...
http://queroemagrecermais.blogspot.com

3. Prisão de ventre relevante, não deve ser considerada como uma doença, mas como um sintoma ou efeito de alimentação deficiente, estresse e outros problemas que fazem com que o organismo responda retendo as fezes por um período maior do que o normal ...
http://serobesonao.blogspot.com

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.



Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Diretor Cientifico et Dra. Henriqueta Verlangieri Caio, Diretora Clinica - Van Der Häägen Brazil, São Paulo - Brasil, Lenita Wannmacher professora de Farmacologia Clínica, GUIMARÃES, E.V. Constipação intestinal crônica funcional na criança: aspectos clínicos, ingestão de fibra alimentar e estudo do tempo de trânsito colônico. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 2000.213p. (Tese, Doutorado em Medicina, Área de concentração em Pediatria)MELO, M.C.B. Índice anogenital em crianças com e sem constipação intestinal. Belo Horizonte: Faculdade de Medicina da UFMG, 1999.137p.(Tese, Doutorado em Medicina. Área de Concentração em Gastroenterologia).MORAIS, M.B., MAFFEI, H.V.L. Constipação intestinal. Jornal de Pediatria, v.76, supl.2, p.147-156, 2000.PENNA,F.J., TORRES, M.R.F. Constipação intestinal.In: PENNA, F.J.; WEHBA,J., FAGUNDES NETO, U. Gastroenterologia Pediátrica, Rio de Janeiro; Médsi, 2 ed., p.341-8, 1991.WHITEHEAD, W.E., WALD, A., DIAMANT, N.E., ENCK, P., PEMBERTON, J.H., RAO, S.S.C. Functional disorders of the anus and rectum.Guts. V.45, supl. II. p.1155-1159, 1999.










Contato:
Fones: (11)5572-4848/(11)5087-4404(11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM

Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com